quarta-feira, 24 de agosto de 2016

O FUNCIONALISMO E OS MILITARES DEVEM VARRER O PMDB DO RIO DE JANEIRO




Nós, Policiais e Bombeiros Militares (militares estaduais) e o funcionalismo público temos sofrido muito nas mãos dos governos do PMDB no Rio de Janeiro.

É hora de dar o troco.

Nós organizarmos para que nas eleições de 2016 e 2018 o PMDB  e seus aliados sofram uma derrota histórica.

Temos que fazer CAMPANHA CONTRA todos os candidatos do PMDB e dos partidos aliados.

"Jornal Extra
TRE denuncia o prefeito Eduardo Paes por conduta vedada 
Por: Fabiana Paiva em 23/08/16 14:20 
O prefeito Eduardo Paes (PMDB) vai ganhar mais uma representação para se defender da acusação de conduta vedada a agente público.
Coordenador da Fiscalização de Propaganda Eleitoral, o juiz Marcello Rubioli, está enviando ao Ministério Público vídeos que mostram a prefeitura utilizando ônibus escolares para transportar gratuitamente pessoas na Vila Olímpica, na última terça-freira (16).
O magistrado destaca que a lei proíbe o prefeito de oferecer gratuidades do tipo a poucos meses da eleição. Além disso, ressalta que o ônibus escolar não deveria estar servindo a atividades de lazer nos Jogos Rio-2016.
O alcaide já responde pela distribuição de ingressos, promoção de candidatos nas inaugurações do VLT, TransOlímpica e piscinão da Vanhargem.
Tantos processos podem resultar em multa e até cassação dos direitos políticos (Fonte)". 

Divulguem nosso portal.  

OLIMPÍADAS: VEJA O QUE A TELEVISÃO NÃO MOSTROU

A seguir publicamos vídeo contendo imagens olímpicas que a televisão não mostrou para o mundo.

É nosso dever divulgar para todos.


video


Ontem, o jornal Extra noticiou:

Hospital (Estadual) Getúlio Vargas cancelou cirurgias por falta de limpeza (Leia).

Divulguem nosso portal!

TODO DIA TEM PM BALEADO NO RIO "PACIFICADO" POR BELTRAME



Nós, Policiais Militares, somos as maiores vítimas do projeto fracassado de "pacificação" do Rio de Janeiro implantado pelo ilustríssimo Secretário de Segurança Beltrame. 

"Jornal Extra 
23/08/16 14:37 Atualizado em 23/08/16 15:14 
Tiroteio no Alemão deixa PM ferido e para teleférico 
Um soldado de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, foi ferido num tiroteio ocorrido na tarde desta terça-feira. O PM foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da comunidade e não há informações sobre o estado de saúde dele. Por causa do confronto, o teleférico do Alemão teve a circulação suspensa às 13h35m.
Em nota, a assessoria de imprensa das UPPs informou que o tiroteio começou depois que bandidos atiraram em policiais que estava fazendo um patrulhamento. Segundo o órgão, o policiamento na comunidade foi reforçado.
"Segundo o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Adeus / Baiana, policiais estavam em patrulhamento pela Rua Aquiri, quando foram recebidos a tiros por criminosos. Houve confronto e um soldado foi atingido e socorrido para a UPA do Alemão. O policiamento foi reforçado na comunidade" (Fonte)".

O jornal O Dia também publicou a notícia (Leia).

Divulguem nosso portal!

terça-feira, 23 de agosto de 2016

DINHEIRO SÓ NÃO TEM PARA PAGAR O FUNCIONALISMO DO RIO DE JANEIRO



Os jogos paraolímpicos também significarão gastos levadíssimos com a segurança.

Um contingente de 23 mil homens das Forças Armadas continuarão no Rio de Janeiro para atuarem nos jogos.

"Jornal O Dia 
Forças Armadas vão permanecer no Rio até a eleição 
Na Paralimpíada, o efetivo será o mesmo dos Jogos Olímpicos: 23 mil militares vão reforçar a segurança da cidade 
22/08/2016 17:59:50 
Rio - As Forças Armadas vão reforçar a segurança na cidade até o segundo turno das eleições municipais, em outubro. A decisão foi anunciada, na tarde desta segunda-feira, pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann. No entanto, ele ainda não informou qual será o efetivo que atuará no Rio neste período. 
Em relação à segurança na Olimpíada, o ministro fez um balanço positivo. Jungmann garantiu ainda que os 23 mil militares que ficaram nas ruas durante os Jogos Olímpicos continuarão na cidade na Paralimpíada (Fonte)." 

Divulguem nosso portal!

OLIMPÍADAS - WELCOME TO HELL - 17 ASSASSINATOS



A frase não poderia ter sido melhor escolhida: bem-vindo ao inferno!

A violência sem controle transformou o Rio de Janeiro em um verdadeiro inferno.

"Jornal Extra 
22/08/16 16:27 Atualizado em 22/08/16 16:29 
Rio registra pelo menos 17 assassinatos durante Olimpíada 
Marina Navarro Lins 
Um levantamento feito pelo EXTRA mostra que pelo menos 17 pessoas foram mortas e 18 baleadas durante a Olimpíada, entre os dias 5 e 21 de agosto deste ano, no município do Rio. Do total, 15 vítimas são policiais. 
Logo no dia da abertura dos Jogos, a arquiteta Denise Ribeiro Dias, de 51 anos, foi morta com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto na Via Binário, no Centro do Rio. De acordo com o 5º BPM (Praça da Harmonia), a vítima estava indo para o trabalho quando foi abordada. Após o disparo, ela perdeu o controle do veículo e foi parar do outro lado da pista, onde se chocou com um poste. 
Dois dias depois, outro caso chocante. Uma menina de apenas 2 anos morreu durante uma perseguição policial Bangu, na Zona Oeste do Rio. Ana Clara Quintanilha estava com a mãe e dois irmãos no Fiat Uno da família quando um Fiat Ka roubado colidiu contra a traseira do carro. A garota, que estava no banco de trás, sofreu uma forte pancada na cabeça. Ela chegou a ser socorrida para o Hospital municipal Albert Schweitzer, em Realengo, também na Zona Oeste, mas não resistiu ao ferimento (Fonte)". 

Divulguem nosso portal!

OLIMPÍADAS: AS MEDALHAS MAIS CARAS DE TODOS OS TEMPOS



As Olimpíadas do Rio de Janeiro custaram R$ 39, 5 bilhões.

Indo até o quadro final de medalhas constatamos que o Brasil conquistou 19 medalhas, sendo 7 de ouro, 6 de prata e 6 de bronze (Fonte).

Dividindo o custo total (R$ 39.500.000.000,00) pelo número de medalhas conquistadas (19), chegamos a conclusão que cada medalha custou mais de R$ 2.000.000.000,00.

Dois bilhões de reais por cada medalha.

Imaginem o que o dinheiro gasto com uma medalha poderia ajudar nas áreas da educação, saúde e segurança públicas.

Como poderia ajudar no pagamento dos salários, proventos, pensões e gratificações.

Perguntamos:

- O dinheiro não poderia ter sido gasto de forma mais útil para o povo brasileiro do que em jogos olímpicos onde fomos um fracasso esportivo?

A nossa resposta é sim.

Divulguem nosso portal.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

SECRETÁRIO BELTRAME NÃO VAI SAIR TÃO CEDO



Apesar da imprensa ter noticiado a sua saída após os jogos olímpicos, o ilustríssimo Secretário de Segurança Beltrame, não dá qualquer sinal de que irá deixar a função tão cedo.

"Site G1
21/08/2016 21h08 - Atualizado em 21/08/2016 21h08
Beltrame reforça pedido de segurança para as eleições municipais no RJ
Ele ressaltou a necessidade de se ocupar o Conjunto de Favelas da Maré.
Representante da pasta lamentou o assassinato do militar da Força Nacional.
Nicolas Satriano
Termina a Olimpíada 2016 e a atenção dos fluminenses se volta para a segurança pública do estado após os jogos. Neste domingo (21), enquanto tinha início a cerimônia de encerramento, o secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame, em entrevista no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), reforçou o pedido ao governo federal para que as Forças Armadas permaneçam no estado até, pelo menos, a realização das eleições municipais. 
"Já pedi para que eles permaneçam aqui não só para o Paralímpico, mas, que posteriormente [aos Jogos]. Acho que esse é o modelo [de segurança] que pode vir a ajudar qualquer outro estado, qualquer outra grande capital brasileira, embora haja a limitação constitucional. Mas quando se quer, se muda lei e constituição da noite para o dia nesse país. Por que não mexer nisso de uma maneira bastante produtiva?", indagou Beltrame (Fonte)". 

Divulguem nosso portal!

POLÍCIA MILITAR GANHA A MEDALHA DE OURO



Nós, Policiais Militares, nos sacrificamos muito cumprindo escalas desumanas para diminuir os riscos da população, dos atletas, dos jornalistas e dos turistas ao longo dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro.

Fizemos esse enorme esforço apesar do parcelamento e do atraso dos nossos pagamentos promovido pelo governo Pezão-Dornelles.

Cumprimos o nosso dever de servir e proteger.

Nós, Policiais Militares, continuaremos nos sacrificando durante a realização dos jogos paraolímpicos.

O governo deve agora cumprir o seu e regularizar os nossos pagamentos.

Divulguem nosso portal!

PAGAMENTO! ATENÇÃO, POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES !



No intuito de manter os companheiros informados transcrevemos um artigo escrito pelo Vereador Major Bombeiro Militar Marcio Garcia, onde é feito um alerta sobre as dificuldades que enfrentaremos nos próximos meses.

A prioridade do governo deverá ser a tentativa de eleger o sucessor do Prefeito Eduardo Paes e não colocar em dia nossos pagamentos.

"Esse poço não tem fundo 
15:59 
Não precisa ser medalhista de ouro em análise econômica pra saber: encerradas as Olimpíadas, a situação financeira do Estado do Rio voltará a ser um fantasma para o servidor público e os trabalhadores em geral. Correm fortíssimos comentários nos gabinetes do Palácio Guanabara de que o caixa do Governo voltou a ficar vazio, sem um Real furado pra contar história. 
Entre os trabalhadores, o clima é de muita apreensão. O receio é de que a novela do atraso nos pagamentos de salários se reinicie. Se o pior se confirmar, quem vai pagar as contas dos servidores, excluídos naturalmente do tal “espírito olímpico”, já que mal conseguem ter uma reserva para despesas do dia a dia? Quem pagará? O governador em exercício? O grupo do PMDB que ajudou a quebrar o Estado? 
É bom que fiquemos alertas, um cenário crítico parece inevitável. Tudo indica que sequer chegamos ao fundo do poço. Todos lembram bem que, há poucos meses, o governo do Rio foi, de pires na mão, até o governo federal receber uma doação de R$ 2,9 bilhões. O que será do salário do trabalhador a partir de agora, quando novas doações não puderem mais ser feitas? Afinal, qualquer criança sabe, dinheiro não dá em árvore.... 
Como se não bastasse este quadro de dificuldade extrema, podemos esperar pelo pior: o esforço que o grupo do PMDB, que parece levar a sério um projeto nefasto de poder no Rio, deverá fazer para tentar eleger seu candidato à prefeitura. Ora, todo esforço orçamentário foi empenhado para pôr de pé estas Olimpíadas, que, mesmo assim, foram realizadas sob a sombra da corrupção e da insegurança. 
Agora, a questão que apresento a vocês é igualmente grave: quanto custará para todos nós o novo esforço que este grupo deverá fazer, agora para eleger o candidato do atual governo? Não preciso esperar apagarem as últimas luzes do Maracanã no domingo, após a cerimônia de encerramento dos Jogos, para prever: se tiverem um último gás financeiro, os atuais governantes muito possivelmente usarão esta reserva para eleger o sucessor do atual prefeito. 
Por isso, precisamos ficar de olhos abertos. 
Eu, do outro lado do balcão, vou trabalhar com coragem numa primordial missão: ajudar a repensar a cidade com seriedade e ética, coisas que os “medalhões” da nossa política parecem ter se esquecido. O Rio precisa melhorar seus ares, voltar a se gostar, ser de novo a Cidade Maravilhosa. 
Vamos juntos nessa luta? É hora de reinventar a nossa história. 
Chega de covardia! 
Marcio Garcia, vereador e candidato à reeleição (Fonte)". 

Divulguem nosso portal!

SEGUNDO PM BALEADO EM MENOS DE 24 HORAS NO RIO "PACIFICADO"



Nós, Policiais Militares, somos as maiores vítimas do fracassado processo de "pacificação" que o ilustríssimo Secretário de Segurança Pública Beltrame tentou implantar no Rio de Janeiro.

"Jornal Extra
21/08/16 09:57 Atualizado em 21/08/16 10:52 
Rio tem segundo policial militar baleado em menos de 24 horas 
Cíntia Cruz 
Um policial militar da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Chatuba, no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio, foi baleado dentro da viatura, na manhã deste domingo. Segundo o comando da UPP, o veículo estava em deslocamento pela Rua Cajá, por volta das 6h, quando foi atacada por criminosos armados. O policial ferido foi socorrido para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, onde permanece em observação.
O militar é o segundo baleado em menos de 24 horas. Na manhã deste sábado, um policial da UPP Caju, também na Zona Norte, foi baleado durante um confronto com criminosos armados na Rua Paraíso. Ele foi socorrido para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, Região Central do Rio, e não corre risco de morrer (Fonte)". 

Divulguem nosso portal!